O que é a luz?




É um fenômeno que se comporta tanto como onda quanto como partícula, mas não é tão simples.


          Tanto não é simples que precisou da mente de gênios como Albert Einstein, para que pudéssemos ter um entendimento um pouco melhor deste fenômeno, que apesar de se manifestar através da partícula conhecida como fóton, apresenta características de ondas.


Faixa de espectro visível.

Luz visível?

Luz “visível” pra nós, seres humanos, é uma estreita faixa no espectro de energia eletromagnética, que compreende as ondas do tamanho de 400 nanômetros que corresponde a cor violeta, até o 700 nanômetros que corresponde ao vermelho.
Mas isso é limitado pelas células que compõem os olhos, que são basicamente os cones e os bastonetes. Animais com estrutura ocular diferente enxergam em outras faixas do espectro, e em outras cores. O olho do cachorro por exemplo não enxerga as cores.


E o “resto” ?

           O resto do espectro eletromagnético é composto basicamente da mesma forma, de energia eletromagnética carregada por fótons. Curiosidade: a luz só passou a ser visível no universo 300.000 anos após o Big-Bang, pois antes disso o universo era quente e denso demais para os fótons se propagarem.

Fonte: livro Origens  de Degasse, Neil e outras.
Comenta aí pode ser? ()