Paradoxos: você entende?



Provavelmente não, mas não se preocupe, é normal.


Paradoxos são raciocínios fundamentados para que não se tenha uma solução logica ou uma forma racional de resolve-la, normalmente implicando em situações contraditórias, que por sua vez criam o que conhecemos como paradoxo.

Sacô?

Vovô é você?


Um dos exemplos mais classicos de paradoxo é o da viajante no tempo assassino. Imagine o seguinte: um viajante no tempo volta ao passado a fim de conhecer seu avo quando era jovem, mas por acidante acaba o matando.
Ai eis o paradoxo, se o avô dele morreu, seria impossivel seu pai, filho dele ter nascido, e consequentemente, o viajante ter nascido. Se o viajante no tempo não nasceu, ele não poderia ter voltado no tempo e causado a morte de seu avo, que por sua vez teria gerado seu pai e consequentemente a ele proprio. Entendeu?


Estamos na matrix?

         Além de travarem a mente da gente e nos darem algo para pensar, os paradoxos em si não servem para mais nada proveitoso, salvo quando seu raciocínio leva a algum pensamento plausível para modelar a solução de algum problema real.

Fonte: Hypescience e outras.
Comenta aí pode ser? ()