Por que não utilizamos os raios?


 

Principalmente porque é difícil de capta-los.

 

Já que as principais formas que temos de armazenar energia elétrica são de forma química, como em pilhas e baterias que demandam de um processo que demora para acumular a energia, mas super capacitores podem mudar essa conversa.

Diagrama de capacitores.

Índice cero-o-quê?


Índice ceraunico é a indicação de quantos raios caem em um determinado local em um certo período de tempo, e a boa noticia, é que o Brasil é o pais com o maior índice ceraunico do mundo, disparado, o segundo é o EUA, com cerca de 60% do nosso.
         Se conseguirmos aprimorar as pesquisas desenvolvidas pelo cientista Steve LeRoy, que conseguiu captar um raio artificial, produzido por uma bobina de tesla, podemos resolver, pelo menos por enquanto a demanda de energia elétrica atual.


Quanto “Pesa” um raio?      

  
         Um raio comum, como 90% dos observados possui tensão da ordem de 100 milhões a 1 bilhão de volts, as tomadas de sua cas tem em media 127 a 220 volts. Quanto a corrente fica em torno de 15 mil  a 30 mil amper, o que poderia aliemntar 30 mil casas um dia inteiro, portanto seria mais que um bom négocio captar raios.  

Fonte: Qenergia e outras.
Comenta aí pode ser? ()