O SETI e o sinal WoW!





É uma sequência de caracteres que deixou o SETI em duvida por décadas.


         O ano era 1977, quase meia noite do dia 15 de agosto, e a equipe do SETI que operava o radio telescópio da universidade de Ohio, também conhecido como “Orelhão” captou um sinal tão impressionante que o astrônomo só pode escrever “WoW!” ao lado.


O FAST, localizado na China, é o maior do mundo com um prato de 500 metros de diâmetro.




SETI? Que SETI?


O projeto SETI é a abreviação para Search of Extraterrestrial Intelligence, que em tradução seria Busca por inteligência extraterrestre, que esta ativ0 desde a década de 70, e não, eles ainda não tiveram sucesso.
Basicamente, o SETI usa radio telescópios para mapear o Céu, escutando varias frequências de radio, buscando sinais eletromagnéticos, que possam ser oriundas de outras civilizações, mas isso é um processo complexo, que exige equipamentos caros e específicos, e muito processamento de dados, e principalmente tempo. Leva se muito tempo para cobrir todo o espectro de radiofrequências.



E eu posso ajudar?


         Pode sim! O SETI precisa processar enormes quantidades de dados para separar o que é um sinal genuíno, dos falsos positivos, e para isso você pode baixar o protetor de tela do SETI, que usa o tempo ocioso do seu computador para processar uma parcela das informações recebidas. Vale comentar que, é bem mais provável que um sinal extraterrestre seja encontrado por alguém fora do SETI, do que por eles mesmos, devido a esse sistema de processamento de nuvem.







Comenta aí pode ser? ()