Katana – A espada que definiu um país.


Construiu e destruiu impérios e votou até lenda.


          Praticamente todos conseguem distinguir uma Katana, a tradicional espada curva japonesa de único fio, arma que era portada somente por samurais, teve seu inicio em meados de 1300 no período Muromachi .


Forja + 10.

A tradicional espada Katana tem um processo de fabricação extremamente complexo que era passado de mestre ferreiro para aprendiz ao longo dos anos, e os ferreiros que possuíam essa técnica eram profissionais extremamente requisitados pelos senhores feudais.
A começar pela obtenção do minério, que tinha que ser extraído do solo, era cozinhado em fornos para obtenção do metal. Obtido um lingote, este era dobrado por 10 vezes, conferindo a espada mais de 1000 camadas. No meio, era inserido um aço mais maleável, para facilitar a afiação, e um processo de tempera conferia a dureza e a curvatura da arma. O processo poderia levar até 6 meses.

Exemplo de um hamon.


Desenhada.

          As estrias características que a espada possui na lamina são decorrentes da argila acrescentada no processo de temera para se gerar uma tempera diferencial, conde a parte coberta com argila endurece menos, tornando se mais maleável a fim de absorver melhor impactos e ser afiada mais facilmente. O nome deste “desenho” chama se hamon.

Fonte: Oficina da net e outras.
Comenta aí pode ser? ()