É possível viajar no tempo?





 Sim, mas atualmente só para o futuro.


       E é na verdade mais simples do que se imagina e acontece todo o tempo. Tem a ver com a teoria da relatividade, do nosso amigo Albert. Segundo Einstein, o tempo e a velocidade estão relacionados, conforme mais rápido você se move mais lentamente o tempo passa.

       Tem mais: Esse efeito influencia diretamente nosso dia a dia, quer um exemplo: Os satélites de GPS, que viajam em torno de 11.000 km/H em orbita na terra, tem que ter seus relógios internos corrigidos para que não apresentem discrepâncias com os relógios da Terra. Caso isso não fosse feito, os GPS,s começariam acumular um erro de posicionamento cada vez maior.


O Olho de Agamotto também resolve.


E para o passado? Pode?

Na teoria, nada impede. A mesma teoria diz que que, quanto mais se aproxima da velocidade da luz, mais lentamente o tempo passa. Em teoria, basta superara a velocidade da luz, para o fluxo do tempo começar a correr na direção oposta.
Na pratica não temos nada nem próximo de funcional. O problema é que quanto mais próximo da velocidade da luz, mais o peso do objeto aumenta, tendendo ao infinitamente pesado, portanto requerendo somas infinitas de energia para vencer esta barreira.


Veredito:

Por enquanto vamos deixar as viagens pelo tempo com o Doctor Who, Marty McFly, e Doutor Estranho que são especialistas no assunto.


Fonte: Revista Galileu e Outras.

Comenta aí pode ser? ()